sexta-feira, 2 de novembro de 2012

A moda cristã chega a Lisboa

Ora a história reza assim. No Outono de 1960, um grupo de italianas vem à capital apresentar a linha cristã Outono/Inverno. O Tivoli enche-se para ver as pequenas e ouvir o capelão da moda. O desfile termina como, deve ser, com o vestido de noiva - imaculado, em tule branco.

Ainda pensámos investigar esta história para a incluir no livro. Prevaleceu o bom-senso. Fez a capa da revista Flama e passados 50 anos provoca no mínimo um sorriso, mas foi apenas um fait-divers na pacata e conservadora vida lisboeta. Fica a partilha. Alguém se lembra?



"As jovens italianas de 'Turris Eburnea' ao chegarem a Lisboa."



"Numa homenagem a Portugal, apareceu um casaco verde escuro com larga gola guarnecida de peles: 'Lisboa Antigua'".


"Simplicidade e elegância - eis dois adjectivos que se coadunam com a modelo."


Sem comentários:

Publicar um comentário