sexta-feira, 1 de março de 2013

Lisboa: encruzilhada de vedetas

Muito antes das festas Patiño e Schlumberger, já Lisboa estava na escala do jet-set mundial. A 1 de Março de 1963, há exactamente 50 anos, o "Diário de Lisboa" narrava assim:

"Lisboa continua a ser ponto de passagem - quando não o é de estadia - para estrelas e astros do cinema internacional.

Uns vêm desfrutar os encantos do nosso clima - que nem sempre corresponde a uma propaganda inteligente - outros passam pelo aeroporto em trânsito e abeiram-se fugidamente do restaurante para saborear um cálice de Porto ou de Madeira, outros ainda - esses, muito poucos, aliás - nem saem dos aviões, alegando que estão cheios de sono...

Hoje foi um desses dias de movimento cinéfilo. Artistas de nomeada no Guincho e em cafés do Chiado, no Estoril e no aeroporto, em férias ou em viagem.... e até o projecto de uma vivenda na Costa do Sol.

(...)

Ava Gardner assinou autógrafos no Aeroporto

Aquela que foi elogiosamente denominada por alguém como sendo o 'mais belo animal da criação' - Ava Gardner - esteve hoje, de madrugada, discretamente, no aeroporto de Lisboa em viagem de Nova Iorque para Madrid.

A ex-mulher de Frank Sinatra, envolvida num rico casaco de peles, passou quase despercebida pelas salas do aeroporto, a face semiencoberta por grandes óculos escuros.

Somente alguns funcionários se aperceberam da presença da insigne intérprete de 'Pandora', 'A Condessa Descalça', 'E o Sol Também Brilha', 'A Vida de Goya', 'A Hora Final', etc. Solicitados autógrafos, Ava foi generosa, com um sorriso nos lábios, frescos e bem desenhados...

Momentos depois, a bordo de um 'Boeing', seguia para MAdrid - passando, elegantíssima, sobre o sono calmo dos cinéfilos lisboetas...

Mel Ferrer em viagem de férias

Mel Ferrer, que ontem chegou a Lisboa e se hospedou num dos grandes hotéis da cidade, abandonou esta manhã os seus aposentos e 'escondeu-se' em qualquer recanto turístico, talvez Sintra, talvez Estoril ou Guincho...

Mel Ferrer, que se encontra em férias, terá, na próxima semana, a presença de sua mulher, a conhecida actriz Audrey Hepburn.

O casal, uma vez reunido, tenciona alugar uma vivenda na Costa do Sol - ou mesmo comprar terreno naquela zona e edificar ali uma moradia.

O equilibrado intérprete de 'Guerra e Paz', e de tantos outros êxitos, certamente que entre nós desfrutará de salutar sossego, ante o mar que se espraia e o sol que tudo cobre...

Sterling Hayden - cinco minutos à mesa de um café

Um telefonema - e fomos à Brasileira. Sentado frente a uma xícara de café, a barba a despontar na face larga, encontrava-se o actor americano Sterling Hayden....

Intérprete, entre outros, dos filmes 'Johnny Guitar', 'Asphalt Jungle', 'Rio Grande', 'So Big', 'The Killing', 'Top Gun' e 'Journey Into the Light' - Sterling Hayden é um dos actores que, pelo seu estilo, sua expressão rude, seu rápido movimento de mãos, mais têm contribuído para a popularidade do 'western'.

- Qual o motivo da sua presença em Lisboa? - perguntamos-lhe.

- Well... well...

Explicou-nos, depois, que sua mãe, com quem viajava, tivera um acidente em Palma de MAiorca - e o avião, fazendo escala por Lisboa, permitira que a senhora se tratasse num estabelecimento hospitalar da nossa capital. Mas o artista encontrava-se muito preocupado.

- E quando partem?

- Well... well...

Um tanto reticente, disse-nos Sterling Hayden que seguiria hoje, com sua mãe, para S. Francisco da Califórnia.

- Qual é para si o seu melhor filme?

- Well...well...

Só ao cabo de um minuto é que veio a resposta:

- 'Johnny Guitar'.

Sem comentários:

Publicar um comentário